Percentual de imigrantes no mercado de trabalho Brasileiro aumentou 131% nos últimos 5 anos

imigracao

De acordo com os dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), Entre 2010 e 2015, o número de trabalhadores imigrantes no mercado de trabalho formal brasileiro aumentou 131%. Apesar do crescimento, os imigrantes correspondem a menos de 0,5% da força de trabalho no Brasil.

Segundo o estudo, ao contrário do que ocorreu nos países do Hemisfério Norte, onde a crise econômica afetou primeiramente os imigrantes, no Brasil, até os nove primeiros meses de 2015, com o País já vivendo uma crise econômica, o número de admissões de imigrantes no mercado de trabalho formal superou o de demissões. Em 2015, o número de admitidos alcançou 54.086 e o de demitidos, 48.039.

As Regiões Sudeste e Sul são as que mais absorvem trabalhadores imigrantes. Em 2010, São Paulo empregava 48,5% dos imigrantes, sendo que a capital paulista, naquela ocasião, registrava 28,7% do total de trabalhadores migrantes do País, percentual superior ao do segundo estado, que era o Rio de Janeiro (15,8%).

A capital fluminense concentrava 11,4% da mão de obra estrangeira. Esses dois estados e mais Minas Gerais reuniram 70% dos trabalhadores estrangeiros no País, colocando o Sudeste em primeiro lugar. Em seguida, aparecia a Região Sul com aproximadamente 17%.

 

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.